Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...08

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Poesia

versos


versos meus que me invadem
quando bate uma saudade
séra que tudo é verdade
ou esta faltando sinceridade

não quero o que não é meu
se não poderia me dar porque deu
agora aqui perdida no meu eu
tanto amor te dei culpa sua se perdeu

só uma coisa irei lembrar
como foi bom te amar
foi como se vivesse a sonhar
e este amor pra sempre vou guardar

Paula libriana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Claudia Marques

Sabe aquele amor?   Que transforma amargores  em doçuras, que é capaz de  reascender a aquela felicidade  que andava tão adormecida?  ...