Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...

terça-feira, 29 de junho de 2010

Poema - Autor desconhecido



Com o brilho dos teus olhos
-Dispare meu coração

Com seu frescor silvestre
-Acende o estopim do meu desejo

Com as histórias de tua vida
-Enche a minha de poesia

Com teus desejos e sonhos
-Revele suas fantasias

Com teu perfume agreste
-Deixe-se tocar sem pudores

Alicía-me
-Seduza-me...

Com o teu clima de verão
-Me põe em erupção

Com teus prazeres outonais
-Perfuma minha alma vazia

Com o teu ar primaveril
-Oferece-me os lábios em flor

Com teus desejos matinais
-Me leve a mil fantasias

Entregue-se
-Brinca com o meu corpo

Com teu ardor
-Encontra o meu prazer

Com o teu viver
-Mostre-me o anjo que mora em você

Com tua certeza
-Seja a razão dos nossos dias

Com teu querer
-Eterniza nossos momentos...

Beijos da amiga
Claudia

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Poema- Gaiotti

Eclípse
"E se eu sumir,
Acalma-te.
Até a Lua tem fases!
Por que te mostrar
meu lado negro?
Sossega-te.
Sou eu em eclípse!
Então,
quando a Luz me retornar,
voltarei com ela..."
(Ginna Gaiotti)

Beijos da amiga...

Claudia

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Eros Ramazzotti- Coisas da vida

video

Coisas da Vida
São situações humanas
Os momentos de nós dois
A distância, as paixões
Encontrar uma razão
Hoje... como sempre
Estou pensando em ti... sim você já vê
São apenas contradições humanas
Sentir-se feliz, sentir-se triste
Essas transições emocionais
Todas as lembranças que nós temos
É, você sabe que é verdade
Estou pensando em ti
Como se nosso tempo não já houvesse passado
Diga onde estamos, que poderá passar
Corações flechados mas para todos
Essa é a barreira que teremos que derrubar
Estou pensando em ti
Estou pensando em nós
São coisas da vida
Vão unidas sempre assim
O Esforço e afadiga
Que supõe estar aqui
Hoje... Olho para o céu
Com os pés na terra,
de modo que
Ser humano é o que quero ser
Com minhas mãos eu o alcançarei
São coisas da vida
Nunca me acostumarei
Quase sempre é uma ferida
Que teu coração não vê
Hoje... como sempre
Somente penso em ti
Hoje....de verdade

Ainda estou pensando em ti
Esta noite que passa lenta, tocando-me
Trato de confrontá-la, de agarrá-la
E derrapo nas curvas de teu coração, porque
Quero provocá-la, e que saiba que...
Estou pensando em ti
Estou pensando em ti
Você vê... Você vê
hoje
pensando

Beijos da amiga
Claudia


Pensamentos...




Sinto tantos
desejos estranhos
quando te vejo
tão sensual...

Quero olhar no fundo
de teus olhos
e te fazer feliz
de modo sem igual.. .

Acariciar-te por
inteira..
dizer-te bobagens
ao ouvido..
deitar-te numa esteira
e me sentir
totalmente envolvido...

Pois teu cheiro
me desperta o olfato...

Tua voz me comanda
de forma aberta...
quando sinto a tua
pele macia, de fato...

Beijos da amiga
Claudia

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Química

Sublimemos, amor. Assim as flores
No jardim não morreram se o perfume
No cristal da essência se defende.
Passemos nós as provas, os ardores:
Não caldeiam instintos sem o lume
Nem o secreto aroma que rescende.
José Saramago

Beijos da amiga
Claudia

Química

Sublimemos, amor. Assim as flores
No jardim não morreram se o perfume
No cristal da essência se defende.
Passemos nós as provas, os ardores:
Não caldeiam instintos sem o lume
Nem o secreto aroma que rescende.

José Saramago

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Poesia-Ataíde Lemos



Alma de mulher

Sensível como um cristal
Precioso perfume
Flor de rara beleza.
Assim é alma da mulher

Alma de mulher
É ternura e pura paixão
Que não tem travas
Nem chaves em seu coração.

Ama ao extremo,
Doa sem limites
Que não raro amar
É sinônimo de sofrer
Por viver intensamente
O amor ardente
No extremo de seu Ser.

Alma de mulher
Doce como mel
Que comumente padece
Com o amargo fel provado
Por um coração desvairado.
(Ataíde Lemos)

Beijos da amiga
Claudia

Tão eu...

Beijos da amiga Claudia