Viva la vida!

Viva la vida!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Poema- Vera Lyn Poeta

Guardei, dentro da minha alma,

todas as coisas que partiram;
se foram de mim.
Umas, que jamais vieram para ficar.

Outras, que perdi por pura
incompetência!
Algumas, que vieram para me destruir,

pois estariam em exercício
de suas funções - Estas, guardei como

experiência.
Também, existem as que perdi por inocência......
Guardei pela alma sim! Já, que a alma tem em posse,

o princípio de nossa vida; onde somos a sede de seus afetos.
E, assim, reservei esse espaço em branco, que de branco nada tem,
para reescrever minha própria história.


Se vale a pena levantar ?

Não existe a menor duvida!
O SOL, nasceu para TODOS!

(Vera Lyn Poeta)
 

Beijos da amiga
Claudia

Poema- Suely Ribella

BRIGO!
Encaro,
escancaro,
falo alto,
desço do salto,
enfrento,
arrebento,
brigo,
castigo,
bato,
rebato,
viro fera,
onça,
pantera,
não respondo
por mim!
Brigo por você,
sim!
Para defendê-lo!
Para disputá-lo, jamais!

(Suely Ribella )

Beijos da amiga
Claudia


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

POEMA- Vladimir Maiakóvski


O coração tem domicílio no peito.
Comigo a anatomia ficou louca.
Sou todo coração."
(Vladimir Maiakóvski)

Beijos da amiga
Claudia


sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Meu sorriso- Jorge Brites


Mulher Claudia --♥ ♥ ♥ ♥-- - 1 minuto atrás - Pública
Para:


MEU SORRISO ( Acróstico )

Meu sorriso...
Estará para sempre
Umbilicalmente ligado a mim !

Silenciando a tristeza,
Os seus ecos são ilimitados.
Renova o espírito,
Reabre portas,
Irradia alegria.
Simplesmente...
Opera milagres !

(JORGE BRITES)


Beijos da amiga
Claudia



sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Poema- Álvares de Azevedo

Mulher Claudia --♥ ♥ ♥ ♥-- - 1 minuto atrás - Pública
Para:


Amor

Amemos! Quero de amor
Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu'alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!
Quero em teus lábio beber
Os teus amores do céu,
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d'esperança,
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!
Vem, anjo, minha donzela,
Minha'alma, meu coração!
Que noite, que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!

Soneto (Álvares de Azevedo)


Beijos da amiga
Claudia

Tão eu...

Beijos da amiga Claudia