quinta-feira, 19 de maio de 2011

UM LINDO OLHAR LUSO...


UM LINDO OLHAR LUSO...

VI UM OLHAR
DOCE
MEIGO
DESEJOSO
DE TÃO GOSTOSO
TIVE VONTADE
DE TOCAR
ACARINHAR
E A DISTÂNCIA
ACABAR

NUM OLHAR
QUE ENCANTADA FIQUEI
E NÃO PARO DE LEMBRAR
DE SONHAR

NOS DETALHES
NA TROCA SILENCIOSA
QUE TUDO DIZIA E
TRANSMITIA
DE TODOS OS GESTOS
DE CADA FIXADA
HUMMM

LUSO LUSO
LINDO OLHAR LUSO
QUE ME FEZ ENCANTAR...

BEIJOS DA AMIGA
CLAUDIA

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Poema- Mérci Benício Louro

Eu Sou...

Eu Sou...
Uma menina, uma mulher,
vim, através do vento
porque desejei-me assim.
Esqueci medos e proibições.
alma faminta, despi-me de tudo,
e, nua e desarmada,
deixei-me entregue...
pele, corpo, alma,
desci ao mundo,
e com amor
deixei-me sonhar nas chamas.
Sou mulher de água e fogo,
de tempestade e desejo,
de medo a explodir em vida.
Assim, as avessas de quem...
olha e não me vê.
(Mérci Benício Louro).

Beijos da amiga
Claudia

Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...