terça-feira, 9 de agosto de 2011

Poema- Helena Lins





SOU FLOR E SOU ESPINHO!...

Toda mulher é um mistério
Que todos querem desvendar
Muitos tratam com carinho
E colhem as flores ao caminhar
Alguns querem apenas despetalar
Também tenho meus espinhos
E sei bem me defender
De tudo e de todos
Que não sabem e nunca aprendem
Como tratar uma mulher
Não sou santa, muito menos inocente
Eu tenho sim os meus mistérios
Portanto trate-me com carinho
Faça-me denguinhos
Que recolho meus espinhos
E me rendo aos teus caminhos
As pétalas se abrirão
Pois a minha essência é de uma flor
Com o cheiro do amor
Mais todo homem precisa saber
Que com respeito e carinho
Ele jamais encontrará espinhos
Somente uma flor de mulher!...
(Helena Lins)

Beijos da amiga
Claudia










Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...