sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Poema- Cesar Rabelo

Mulher / Menina

Tens muito de mulher
um pouco de menina
Gosto de ti menina...

Mulher exige, finge
mente, nega.Menina sorri, brinca
encosta a cabeça
em busca de carinho...

Mulher ama com veemencia
abraça loucamente.
Menina ama com ternura
abraça ternamente,
se entrega com amor.

Tens muito de Mulher
um pouco de menina
-Gosto de ti, menina!
(Cesar Rabelo)


Beijos da amiga
Claudia

Poema- Adriano Hungaro


MIL ALMAS
Mil almas eu teria
Para te encontrar um dia
Para ir bem mais além
Além de onde estou
Além do que querias.


Mil almas sim...
Mil almas eu teria
Para buscar-te além dos montes
Por outros horizontes
Além do gris dos dias
Mil almas sim..
Mil almas eu teria
Só para te encontrar
Só para te amar
Para te amar um dia!
(Adriano Hungaro)

Beijos da amiga
Claudia


sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Mulher....



Sobrevivo com
cafés, poemas, paixões e vinhos.

Os cafés:
para me manterem acordada.

Os vinhos:
para me manterem embriagada.

Os poemas:
para me manterem apaixonada.

E as paixões...
ahhhhh, as paixões:
para me manterem viva!

Beijos da amiga
Claudia

Mulher otimista sempre

"Eu sou aquela mulher
a quem o tempo muito ensinou.
Ensinou a amar a vida
e não desistir da luta,
recomeçar na derrota,
renunciar as palavras
e pensamentos negativos.
Acreditar nos valores humanos
e ser otimista."

Beijos da amiga
Claudia

Poema- Poeta- Dolandmay

Tempo de Amar
*
O meu tempo é assim...
Tão breve, meu amor
Tem um começo e tem um fim...
Vive na alegria, vive na dor!
*
É amado por amar tanto
E sabe as regras do viver...
Mas em si não sabe o quanto
Viverá por te querer...
O meu tempo, amor, é assim
Tão intenso de paixão...
O encanto está em mim
Por teus afetos... que ilusão...
*
É por ti que a minha alma vive...
Mas é sabido que não a tem!
Portanto agora não contive,
O tempo acaba... por ninguém...
(Poeta- Dolandmay)

Beijos da amiga
Claudia

Poema- Betânia Uchôa




Mente esquerda

Me jogo na frente

de situações inusitadas,

e quando percebo

já passou a hora,

estou atrasada.

Me ponho a ouvir

a breve melodia

das horas que faltam

é pura melancolia

e me deixa extressada.

Me afogo

na água da pia

para sair

em perfeita calmaria
sou tão imprevista

sou confusão,

festa de rua.

Me jogo em seu braços

logo que chega ao portão

pareço menina

daquelas que um dia

te roubam

a paz, a quietude

é só confusão.

As vezes sou triste

tambem ventania

uma orquestra inteira

a tocar na noite,

sou a seresta

encantada,

sou livre,

sou águia

sou a vontade

sua mente afetada

bem no fundo eu

sei,

sou a outra

querendo ser solta
querendo ser nada

minha mente

esquerda

mas sem ela

não sou nada.

(Betânia Uchôa)


Beijos da amiga

Claudia

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Veja- Claudia Marques


Veja...

O dia lindo
que te foi presenteado

Sinta...

A vida que pulsa pelo seu corpo

Agradeça a Deus...

Pelo presente de um novo dia
e pela vida

E viva viva
cada minuto

Valorize...

Cada gota de felicidade

Seja
-Numa brisa fresca que acaricia seu rosto

-num sorriso sincero de uma criança

-na festa que seu caozinho faz ao te ver

-no abraço abraço gostoso da pessoa querida

-no carinho que você vai poder fazer à alguém
que sem você saber, tanto prescisa...

...Viva as gotas de felicidade...
(Claudia Marques)

Beijos da amiga
Claudia

Poema- ZezinhoMota


O meu sonho transforma-se

O meu sonho transforma-se
num acto de amor a todo o momento!

É um instante tão bonito de eu entender
o quanto amo e vivo a vida
com tamanho sentimento…

Quando vejo o reflexo do meu olhar
no espelho com tanto esplendor!
A minha alma extasiada de felicidade
irradia uma luz forte para eu poder caminhar.

É uma linda mensagem de vida
que num acto de amor
transmito ao mundo com nobreza…

Mesmo que eu percorra
os corredores escuros do sofrimento
o faço com um sorriso de criança!
Como uma mensagem de afecto e paz
cheio de uma enorme esperança.

O amor não se vê mas sente-se!

Ele me abraça a todo o momento!

(ZezinhoMota)

Ótimo final de semana,
Beijos da amiga
Claudia

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Poema- Gabriel Chalita


"Ter coragem é, sobretudo, ter certeza de que a
fascinante aventura da vida não perderá os seus
mais atrevidos e sedutores momentos".
(Gabriel Chalita)

Beijos da amiga
Claudia

POEMA- FERNANDO PESSOA


Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
(Fernando Pessoa)

Beijos da amiga
Claudia

Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...