Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...08

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

ACRÓSTICO-"[Oração para Claudia]"



"[Oração para Claudia]"

C>om fé e perseverança Te peço Senhor;
L>iberta-me dos males que vier;
A>ceita essa oração como louvor;
U>nicamente aonde eu estiver.
D>irija a minha vida para o bem;
I>menso será o meu voto;
A>limentando a minha alma tambem;

M>eu coração aqui eu coloco.
A>tura a minha humilde ignorância;
R>ogo e imploro a Ti Pai Supremo;
I>nteligência bondade e tolerância;
A>umentando isso tudo ao extremo.

M>e leva para um caminho certo;
A>mando e respeitando o próximo;
R>ealizando um sonho descoberto;
Q>uerendo benevolência o máximo.
U>nipresente sempe estás comigo;
E>stou sempre a Sua disposição;
S>entindo-me sempre contigo;

D>os meus erros Te peço perdão.
A>mor compaixão e respeito;

F>elicidade Te peço a todos os meus;
O>nde carrego dentro do peito;
N>esse trajeto curto meu Deus.
S>empre me livra dos perigos;
E>ssa oração é para todos que conven;
C>ompartilhando com todos os amigos;
A>ssim seja para todo o sempre AMEM...

Beijos da amiga
Claudia

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

POEMA-MARCELINO GOMEZ

Nós
(eu e você)

Hum olhar

Hum sorriso

Hum carinho

E tudo que presciso

E essa certeza desse amor

Que nós une

Que nos faz únicos



Beijos da amiga
Claudia

ACRÓSTICO- presente de um grande amigo

ACRÓSTICO.

C>om carinho o sol toca na terra/
L>iberando energia positiva/
A>lmejando o bem q te espera/
U>nica e pura a natureza viva.
D>outrino os meus pensamentos/
I>nteragindo com a sua beleza/
A>diquirindo em todos momentos/

M>aturidade honesta tenho plena certeza.
A>o amanhecer do dia sorri/
R>iso simpático e inocente/
I>sso foi oq eu senti/
A>o ver a suas covinhas presente.

M>inha ispiração nunca me enganou/
A>dmirando a sua personalidade/
R>ealismo e alegria vc me mostrou/
Q>uerência com respeito e felicidade.
U>nião de beleza,simpatia e bondade/
E>levando seu ser sem igualdade/
S>endo assim desejo-lhe,paz,saúde e prosperidade.

Beijos da amiga
Claudia


Mulher gosta...

Mulher gosta de equilíbrio entre o carinho e a malícia.  Entre o espaço e saber estar junto.  Entre segurar a mão e o apertar de cintura....