Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...08

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Sirlei L. Passolongo

Guardei em mim

uma menina


que brincava na chuva.


Vez por outra, 


a deixo voltar


pra vida ficar mais leve.

(Sirlei L. Passolongo)


Beijos da amiga

Claudia

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Cláudio Domingos Borges

O perfume da rosa...

Hoje o amor fala mais alto,
está no auge dos pensamentos...

Tudo foi feito com amor,
tudo foi deixado para nós.
Uma herança,
que só um bom pai deixaria...
Uma herança de amor,
de liberdades de escolhas...

Hoje o amor,
é a minha religião,
o meu calendário,
o meu itinerário...

No meu calendário
eu comemoro
todos os dias com amor...
Ofereço flores,
como oferenda...
Todos os dias é o aniversário do amor.

Para nós ele deixou,
todas as flores perfumadas.
Toda a terra colorida
fértil para a vida...

Ele nos deu a luz do amor.
Ele nos deu a luz da vida...

E entre as mais belas flores,
nos deu a rosa.
Símbolo do amor.
E eu ofereço-te
o perfume da rosa,
para lembrar-te com amor...

(Cláudio Domingos Borges)




Beijos da amiga
Claudia

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Cecília Meireles


Serenata

"Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.
Permita que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo"

Cecília Meireles 

Beijos da amiga
Claudia

Trecho de "Mulheres de aço e de flores" do Pe. Fábio de Melo

A arquitetura da minha alma é barroca...
Sou fraca...sou forte...sou luz e sou sombra...
Sou de aço e sou de flores...
Sou de barro...sou de lata e sou de ouro. Sou catedral e sou capelinha...
Sou uma mulher de presente único...pretéritos mais-que imperfeitos, na
conjugação dos meus desalentos"...

(Trecho de "Mulheres de aço e de flores" do Pe. Fábio de Melo)

Beijos da amiga
Claudia

Mulher gosta...

Mulher gosta de equilíbrio entre o carinho e a malícia.  Entre o espaço e saber estar junto.  Entre segurar a mão e o apertar de cintura....