segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Poema-IMMANUEL KANT


...MESMO A MULHER MAIS SINCERA

ESCONDE ALGUM SEGREDO

NO FUNDO DO SEU CORAÇÃO...
(IMMANUEL KANT)


bjos da amiga
Claudia

Poema-Renata Mangeon

Meu Eu...

É a parte mais profunda
de mim mesma!
É onde guardo os meus
mais íntimos, preciosos
e profanos segredos...
Guardo também lá, o Amor
que sinto e por quem sinto!

Acho desnecessário expor.
Evito assim, certas opiniões
que não me interessam...
Divido-me apenas com quem
amo verdadeiramente e que
seja capaz de entender a
real profundidade do meu EU...

(Renata Mangeon)

bjos da amiga
Claudia

sábado, 17 de outubro de 2009

Poema - E.E. Cummings


Eu carrego você comigo.. (Poema de E.E. Cummings)

Carrego seu coração comigo
Eu carrego no meu coração
Nunca estou sem ele

Onde quer que vá, você vai comigo
E o que quer que faça
Eu faço por você

Não temo meu destino
Você é meu destino meu doce
Eu não quero o mundo por mais belo que seja

Você é meu mundo, minha verdade.
Eis o grande segredo que ninguém sabe.

Aqui está a raiz da raiz
O broto do broto e o céu do céu
De uma árvore chamada VIDA
Que cresce mais que a alma pode esperar ou a mente pode esconder
E esse é o pródigo que mantém as estrelas á distancia

Eu carrego seu coração comigo
Eu o carrego no meu coração.

* (Extraído do Poema de E.E. Cummings) *

bjos da amiga
Claudia

sábado, 10 de outubro de 2009

HÁ UM PERÍODO EM QUE OS PAIS VÃO FICANDO ÓRFÃOS DOS SEUS PRÓPRIOS FILHOS.

É QUE AS CRIANÇAS CRESCEM INDEPENTES DE NÓS,
COMO ÁRVORES TEGARELAS E PÁSSAROS ESTABANDOS.

CRESCEM SEM PEDIR LICENÇA Á VIDA.

CRESCEM COM UMA ESTRIDÊNCIA ALEGRE,
E, ÁS VEZES, COM ALARDEADA ARROGÂNCIA.
MAS NÃO CRESCEM TODOS OS DIAS DE IGUAL MANEIRA.

CRESCEM DERREPENTE.

UM DIA SENTAM-SE PERTO DE VOÇÊ NO TERRAÇO
E DIZEM UMA FRASE COM TAL MATURIDADE
QUE VOÇÊ SENTE QUE NÃO PODE MAIS TROCAR AS FRALDAS
DAQUELA CRIATURA.

ONDE É QUE ANDOU CRESCENDO AQUELA DANADINHA
QUE VOÇÊ NÃO PERCEBEU?

CADÊ A PAZINHA DE BRINCAR NA AREIA,
AS FESTINHAS DE ANIVERSÁRIO COM PALHAÇOS
E O PRIMEIRO UNIFORME DO MATERNAL?

A CRIANÇA ESTÁ CRESCENDO NUM RITUAL
DE OBEDIENCIA ORGÂNICA E DESOBEDIÊNCIA CIVIL...

E VOÇÊ ESTÁ AGORA ALI, NA PORTA DAS FESTINHAS,
ESPERANDO QUE NÃO APENAS CRESÇA, MAS APAREÇA!

ALI ESDTÃO MUITOS PAIS, À PÉ, AO VOLANTE,
ESPERANDO QUE ELES SAIAM ESFUZIANTES
COM SEUS CELULARES, MP3, MP4,
CABELOS CURTOS, CABELOS LONGOS, PRESOS, SOLTOS.

ENTRE HAMBÚRGUERES E REFRIGERANTES NAS ESQUINAS,
LÁ ESTÃO NOSSOS FILHOS COM O UNIFORME DE SUA GERAÇÃO:

INCÔMODAS MOCHILAS DA MODA NOS OMBROS.

ALI ESTAMOS, COM OS CABELOS ESBRANQUIÇADOS.

ESSES SÃO OS FILHOS QUE CONSEGUIMOS GERAR E AMAR,
APESAR DOS GOLPES DOS VENTOS, DAS COLHEITAS,
DAS NOTÍCIAS E DA DITADURA DAS HORAS.

ELES CRESCEM MEIO AMESTRADOS,
OBSERVANDO E APRENDENDO COM NOSSOS ACERTOS E ERROS.

PRINCIPALMENTE COM OS ERROS QUE ESPERAMOS
QUE NÃO REPITAM.

HÁ UM PERÍODO EM QUE OS PAIS VÃO FICANDO ÓRFÃOS DOS PRÓPRIOS FILHOS.

NÃO MAIS OS PEGAREMOS NAS PORTAS DAS CASAS
DOS AMIGOS E DAS FESTAS.

PASSOU O TEMPO DAS BRINCADEIRAS INFANTIS, DO VÍDEO GAME, DO FUTEBOL COM AMIGOS E
DOS ESPORTES DE CADA GERAÇÃO.

SAÍRAM DO BANCO DE TRÁS E PASSARAM PARA
O VOLANTE DE SUAS PRÓPRIAS VIDAS.

DEVERÍAMOS TER IDO MAIS A CAMA DELES AO ANOITECER
PARA OUVIR SUA ALMA RESPIRANDO CONVERSAS
E CONFIDÊNCIAS ENTRE LENÇÓIS DA INFÂNCIA,
E OS ADOLECENTES COBERTORES DAQUELE QUARTO
CHEIO DE ADESIVOS, PÔSTERES, AGENDAS COLORIDAS
E DISCOS ENSURDECEDORES.

NÃO OS LEVAMOS SUFICIENTE AO PLAYCENTER,
AO SHOPPING,
NÃO LHES DEMOS SUFICIENTES HAMBURGUERES E COCAS,
NÃO LHE COMPRAMOS TODOS OS SORVETES E ROUPAS
QUE GOSTARÍAMOS DE TER COMPRADO.

ELES CRESCERAM SEM QUE ESGOTÁSSEMOS NELES
TODO NOSSO AFETO.


NO PRINCÍPIO SUBIAM A SERRA, IAM PARA PRAIA EM SUAS
CASAS OU NA CASA DE AMIGOS, NA CASA DOS AVÓS,
ENTRE EMBRULHOS, BOLACHAS, ENGARRAFAMENTOS, NATAIS,
PÁSCOAS, PISCINA E AMIGUINHOS.

SIM HAVIA AS BRIGAS DENTRO DO CARRO
A DISPUTA PELA JANELA, OS PEDIDOS DE CHICLETES
E CANTORIAS SEM FIM.

DEPOIS CHEGOU O TEMPO EM QUE VIAJAR COM OS PAIS
COMEÇOU A SER UM ESFORÇO, UM SOFRIMENTO,
POIS ERA IMPOSSÍVEL DEIXAR A TURMA
E OS PRIMEIROS NAMORADOS.


OS PAIS FICARAM EXILADOS DOS FILHOS.
TINHAM SOLIDÃO QUE SEMPRE DESEJARAM,
MAS, DE REPENTE, MORRIAM DE SAUDADES
DAQUELAS "PESTES".

CHEGA O MOMENTO EM QUE SÓ NOS RESTA FICAR LONGE
TORCENDO E REZANDO MUITO
(NESSA HORA, SE AGENTE TINHA DESAPRENDIDO,
REAPRENDE A REZAR)
PARA QUE ELES ACERTEM NAS ESCLHAS EM BUSCAS
DE FELICIDADE.

E QUE A CONQUISTEM DO MODO MAIS COMPLETO POSSÍVEL.

O JEITO É ESPERAR:

QUALQUER HORA PODEM NOS DAR NETOS.

O NETO É A HORA DO CARINHO OCIOSO E ESTOCADOS,
NÃO EXERCIDO NOS PRÓPRIOS FILHOS
E QUE NÃO PODE MORRER CONOSCO.

POR ISSO OS AVÓS SÃO TÃO DESLUMBRADOS
E DISTRIBUEM TÃO INCONTROLÁVEL CARINHO.

OS NETOS SÃO A ULTIMA OPORTUNIDADE DE REDITAR
O NOSSO AFETO.

POR ISSO É NECESSÁRIO FAZER ALGUMA COISA A MAIS,
ANTES QUE ELES CRESÇAM.


"APRENDEMOS A SER FILHOS
DEPOIS QUE SOMOS PAIS..."


"SÓ APRENDEMOS A SER PAIS
DEPOIS QUE SOMOS AVÓS..."


bjos da amiga
Claudia

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Reflexão-Coisa de pele



Coisa de pele...

Os russos têm o costume de se cumprimentar com um beijo em cada face.
Os esquimós esfregam os narizes.
Nós latinos, somos “calientes”.
Quer coisa mais gostosa do que o costume nordestino de "Dar um Cheiro"?
AFETIVIDADE, TOQUE, TROCA.

A vida é muito triste sem o contato físico.
Não são poucos os namorados, noivos e casados que reclamam da falta de afeto por parte do parceiro; em uma escala maior, de carinho.

TODOS NÓS queremos mais é colo!!
Vale lembrar que o ser humano, graças à falta de informação e dos tabus que ainda persistem não sabe se tocar.

Não conhece ou explora o próprio corpo. Somos uma caixa de ressonância por inteiro, afinal de contas, o maior órgão do corpo humano é a pele.

Quanto mais leve o toque maior será a sua intensidade no corpo.
Não é à toa que existe o termo: "uma questão de pele" para definir duas pessoas que se dão muito bem!

Maaaassss existe quem fuja do contato físico, uma vez que ele pode resultar em envolvimento, por medo do início de uma intimidade.

Quanto mais individualista, menos a pessoa gosta de tocar e ser tocada, menos afetiva se torna.

O ABRAÇO É FUNDAMENTAL, É MUITO BOM. GOSTOSO!

Passa boas energias quando forte, sincero e afetivo.

E tem que ser de juntar mesmo os corpos.
Há quem consiga manter os olhos abertos e os sentidos despertados quando somos torturados por um longo cafuné?

O beijo tem um lugar especial na afetividade. Sonoros, molhados, discretos, secos...
Mais do que a forma com que os lábios tocam nossa pele, a intenção é o que conta.

Como o ser humano NÃO É uma ilha, não foi feito para viver sozinho, a afetividade é componente da sua existência!!.

E VOCÊ...
Já abraçou alguém hoje? O que você está esperando???

Um graaannnde abraço a todos....

bjos da amiga
Claudia

sábado, 3 de outubro de 2009

Reflexão



Um pássaro vivia resignado, em uma árvore apodrecida, no meio do
pântano.
Havia se acostumado a estar ali, comia larvas da lama e estava sempre sujo.
Suas asas estavam inutilizadas pelo peso da sujeira.
Certo dia um vendaval derrubou sua morada.
A árvore apodrecida foi tragada pelo pântano e ele se deu conta de que ia morrer.
Para salvar-se, começou a agitar suas asas com força, tentando voar.
Era muito difícil pois havia esquecido como voar.
Mas enfrentou a dor, conseguiu alçar vôo e cruzou o amplo céu...
Chegando finalmente, a um bosque fértil e formoso!
Da mesma forma se dá conosco, nós humanos, pois os problemas são como um vendaval que destrói sua vida e o obrigam a ‘levantar vôo ou morrer’.
Nunca é tarde para ser FELIZ.
Não importa o que se viveu, não importa os erros cometidos, não importa as oportunidades que se deixou passar, não importa a idade.
Sempre é tempo de dizer BASTA, entender que é preciso melhorar, sacudir a lama e voar ALTO, para bem longe do pântano.
Abandone sua comodidade, enfrente seus medos e inseguranças e, só assim, começará a voar...
Deus o acompanhará e mostrará qual caminho tomar. Eu tenho certeza, que você chegará até o bosque do seu merecimento.
(Paulo Duarte)

bjos da amiga
Claudia

Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...