Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...08

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Poema-Pablo Neruda



Dois amantes felizes não têm fim nem morte,
nascem e morrem tanta vez enquanto vivem,
são eternos como é a natureza.

(Pablo Neruda)

Beijos da amiga
Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Claudia Marques

Sabe aquele amor?   Que transforma amargores  em doçuras, que é capaz de  reascender a aquela felicidade  que andava tão adormecida?  ...