Viva la vida!

Viva la vida!
Hoje...08

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Poema-Gustavo Drummond


AH! ESSE AMOR...
feito de matéria estranha,
volátil, versátil.
viciante, contagiante,
inebria, contagia.
se espalha em parabólas,
paranóias.
enreda em teias consistentes.
desafia arquétipos,
tabus,
lendas.
um frescor que se eterniza.
choque de lábios
encontro de almas
e corpos.
chuva exterior,
rócio perene.
fazer amor
sob cometas.
transgride,
avança,
afronta,
desafia.
lança
e alvo.
lírios lirícos,
versos brancos.
riacho de resina,
mulher-menina,
jovem-homem.
comem
do mesmo prato,
bebem do mesmo sumo.
encenam
idênticos sonhos,
entre gemidos, sussurros.
um gosto de caramelo,
aroma de delícia.
habitam mesmo castelo,
ardem em igual fogueira!
(gustavo Drummond)

Beijos da amiga
Claudia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Claudia Marques

Sabe aquele amor?   Que transforma amargores  em doçuras, que é capaz de  reascender a aquela felicidade  que andava tão adormecida?  ...