segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Poema-Autor desconhecido


Eis um corpo de mulher
Pensamentos inocentes.


Corpo que é descontrolado por desejos e paixões.
Corpo que entra em chamas.
Mistérios que o coração guarda...
Paixões secretas
Desejos jamais imaginados.
Os olhos enfeitiçam
E gestos que seduzem...
Uma sedução inspirada
Em contos de fadas
Onde as estrelas ensinam
Os passos certos.
E a lua aprova o ensinamento.
Sedução que não falha.
Estrelas que não erram.
A mulher tem como arma de encanto
A sua sedução.
Sedução que acerta o alvo.
O alvo que é a conquista de corações.
Ela nasce com esse talento inato
Que é ensinado pelas estrelas.


Mulher é o sinónimo de
SEDUÇÃO

bjos da amiga
Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...