segunda-feira, 10 de abril de 2017

Aquilino

 Vives brincadeira
Saltando
Rindo

Na fogueira
Da tua
Liberdade
Que se esfuma
Na noite
Da solidão
Espuma
Do praiar
Enrolando
Na fina
Areia
Da imaginação
Amando
O terno mar
Que vive no teu coração
Cofre
Da eterna
Poesia
Que não morre
(Aquilino)


Beijos da amiga
Claudia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anderson Marques

Buscai em seu interior todo e qualquer motivo para não seguir em frente e o destino lhe provará que o maior dos equívocos é ac...