Viva la vida!

Viva la vida!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Poema-Joana Rodrigues


APRENDIZ DE POETA

Gosto de ser poeta.
Também não vivo de poesia,
mas vivo pela poesia;
Amo a vida.
Aprendo a amar as pessoas,
E tento colocar no seu coração
Um pouco de amor, um muito de DEUS,
Pois Ele é o amor em pessoa...
Por isso escrevo,
Por que o amor me preenche,
E quando o derramo em minhas palavras,
É por que ele está abundante no meu coração...
Admiro a simplicidade,
Pois simplicidade é para mim
A mais sublime das qualidades...
Não se engane que, para ser meu amigo,
Deva ostentar, ou ser extravagante;
O que realmente conquista a minha amizade
É a humildade, a generosidade,
A capacidade que você tem de ser a outra pessoa,
Mas não apenas em momentos felizes,
Mas, sobretudo, nos instantes tristes e conflitantes;
Não vejo as pessoas fisicamente,
Mas enxergo em cada uma delas as suas almas...
Não é necessário me conquistar
Para que eu o tenha como amigo,
Basta-me apenas
Que saiba cativar outro ser humano
Com as suas atitudes.
Não quero com tudo isso mostrar-me diferente,
Mas somente deixar claro
Que prezo insistentemente a sinceridade;
Não quero com isso,
Passar uma imagem de perfeição,
Mas quero que me conheçam pela minha verdade...
Eu sou assim,
Prefiro honestamente não ter nenhum amigo,
A ter que mentir;
Pois não é do meu feitio criar situações
Para me colocar em evidência...
Quer ser meu amigo,
Simplesmente me aceite como sou...

(Joana Rodrigues)

Beijos da amiga
Claudia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tão eu...

Beijos da amiga Claudia